Brasil pode se tornar o maior produtor de soja do mundo

Cotação de Commodities

Brasil pode se tornar o maior produtor de soja do mundo

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos prevê que o Brasil se tornará o maior produtor de soja do mundo. Graças a um aumento estimado de 6 milhões de toneladas em relação ao ano de 2017, totalizando 123 mi t.

Com o crescimento substancial previsto para 2020, o Brasil tanto fortaleceria sua posição como maior exportador como tomaria frente como maior produtor de soja.

Enquanto isso, devido a problemas climáticos, os EUA esperam registrar uma queda de 11 milhões de toneladas. Representando, portanto, a redução da produção de 123, para 112 milhões de toneladas.

Já é o maior exportador

Atualmente como o principal exportador de soja do mundo, o Brasil registrou o recorde de quase 85 milhões de toneladas comercializados no ano de 2018. Só em novembro, foram embarcados 4,9 mi t, 97% disso só para a China. Totalizando, então, aproximadamente 22% a mais do que no ano anterior.

Porém, grande parte da demanda pelo produto era chinesa, segundo a Associação Brasileira de Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE), as exportações do grão devem cair 18,5% este ano. Isto deve acontecer por causa da peste suína africana que está fazendo estragos na Ásia.

Ainda assim, expectativas para produção e comércio de soja no país são majoritariamente positivas.

Segundo Leonardo Sologuren, presidente do Comitê Estratégico Soja Brasil, o Brasil tem capacidade para reforçar ainda mais sua posição como principal exportador de soja mundial. Nosso país é um dos poucos que ainda podem aumentar suas terras cultivadas em 70 e 80 milhões de hectares a mais, o que lhe permitiria mais que duplicar a produção de cereais e oleaginosas”, afirmou.

Fonte: Isto é Dinheiro.

Quer acompanhar novidades do mercado? Então siga a gente agora mesmo no Facebook e no LinkedIn.

Cotação de Commodities